CTeSP em Sistemas de Informação Geográfica

Apresentação

O que são os Sistemas de Informação Geográfica?

Os Sistemas de Informação Geográfica, SIG, utilizam a informática para ver, atualizar e dar respostas a problemas concretos do utilizador, a partir de mapas inteligentes. Os SIG integram hardware, software, dados e pessoas.

Como estão os SIG a ser utilizados?

Em novembro de 2014 gerou-se o pânico em Vila Franca de Xira, o maior surto de sempre em Portugal da bactéria Legionella afetou, num curto intervalo de tempo, cerca de três centenas de pessoas. Que ligações existem entre as várias pessoas afetadas? Quais os seus percursos diários? Onde teve origem o surto? Que outras áreas serão afetadas? Eram questões que exigiam resposta. Após a informatização e a georreferenciação das locais de residência e das rotas dos doentes infetados, foi possível com recurso aos SIG identificar num mapa o foco do surto de Legionella. Ao encontrar a origem do surto, os SIG permitiram que a Direcção-Geral de Saúde tomasse as decisões adequadas à resolução do problema. http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/legionella/2014-11-19-SIC-acompanhou-trabalho-de-tecnicos-da-DGS-durante-dias-do-surto-de-legionella


A Agência para a Modernização Administrativa disponibiliza um portal, A Minha Rua, acessível a qualquer cidadão que tenha uma ligação à internet. Nesta plataforma SIG é possível comunicar em tempo real uma qualquer ocorrência no espaço público. Coisas que dizem respeito a todos nós: “O candeeiro da rua X junto ao número Y está sem iluminação”, “ Ao pé da escola EB23 de Z, a passadeira junto ao portão principal não tem visibilidade necessária para garantir a segurança dos peões que diáriamente a utilizam”. As participações são reencaminhadas para as Câmaras Municipais onde, uma entidade competente analisa e dá tratamento ao problema identificado. Aqui temos a Georreferenciação e os SIG ao serviço da cidadania.

Quem utiliza SIG?

A tecnologia SIG pode ser integrada em sistemas de informação de qualquer tipo de empresa, instituição ou organização. Com inúmeras finalidades, lúdicas, comerciais, técnicas, na investigação… porque afinal tudo é GEORREFERENCIADO e todos nós utilizamos SIG sem nos apercebermos!

Vê o que a imprensa diz sobre os SIG: PDF

O/A técnico/a superior profissional em Sistemas de Informação Geográfica é o/a profissional que, de forma autónoma ou integrado/a em equipa, gere a informação geográfica nos seus diversos formatos, procede à atualização de bases de dados, realiza operações de análise espacial para apoio a projetos e está habilitado à produção, edição e atualização de cartografia, nomeadamente a que é produzida através de levantamentos por fotografia aérea, ou por levantamentos de campo com recurso a tecnologias GPS (Global Positioning System).

Os/As diplomados/as no CTeSP em Sistemas de Informação Geográfica podem ingressar nas seguintes Licenciaturas do ISEC, através de candidatura pelos Concursos Especiais: 

  • Licenciatura em Engenharia Civil
  • Licenciatura em Engenharia Informática

Protocolos celebrados para a formação em Contexto de Trabalho (Estágio) - consultar aqui

Competências

  • Resolver problemas matemáticos;
  • Georreferenciar informação espacial;
  • Representar e atualizar informação georreferenciada;
  • Analisar informação espacial;
  • Extrair conhecimento das análises espaciais realizadas;
  • Utilizar software no âmbito dos SIG;
  • Construir modelos de geoprocessamento;
  • Utilizar instrumentos topográficos para realização de levantamentos;
  • Produzir um levantamento com recetor GPS para SIG;
  • Armazenar e manipular dados em bases de dados geográficas;
  • Utilizar tecnologias SIG open source;
  • Utilizar um servidor de mapas para publicar informação geográfica na Web;
  • Extrair informação de imagens de satélite para utilização em SIG.

Saídas Profissionais

CTeSP em Sistemas de Informação Geográfica propõe-se formar técnicos qualificados/as, especialmente vocacionados/as para desempenhar as seguintes funções gerais:

  • Adquirir, editar e validar informação analógica ou digital para integração em Sistemas de Informação Geográfica;
  • Georreferenciar informação cartográfica digital;
  • Gerir e atualizar bases de dados;
  • Realizar levantamentos de campo clássico;
  • Realizar levantamentos de campo com recurso a GPS para SIG;
  • Tratar e atualizar cartografia através de desenho assistido por computador;
  • Realizar análises espaciais em formato vetorial e matricial para produção de nova cartografia ou para apoio a projetos e estudos (cartografia de risco, planos de ordenamento territorial, estudos de impacto ambiental, estudos de localização, geomarketing);
  • Automatizar processos de análise espacial;
  • Realizar análises espaciais simples em redes de infraestruturas;
  • Divulgar SIG na internet.

Coordenador de CTeSP

Maria Margarida Cerdeira Coelho e Silva
  mcoelho@isec.pt

Competências

  • Coordenar o funcionamento do CTeSP, zelando pelo bom funcionamento das atividades pedagógicas, científicas e técnicas do mesmo, bem comi apoiar os estudantes em todo o processo de integração e prosseguimento de estudos e em outras atividades desenvolvidas no âmbito do curso;
  • Colaborar com a área científica na distribuição de serviço docente no que reposta à participação de docentes no CTeSP;
  • Aprovar as fichas de unidades curriculares elaboradas pelos respetivos regentes com os conteúdos programáticos aprovados e registados na DGES;
  • Coordenar a elaboração do mapa de exames do curso e o calendário e metodologias de avaliação contínua e/ou distribuída, a nível de testes, frequências e trabalhos;
  • Convocar e conduzir as reuniões com os docentes e estudantes do curso;
  • Representar o curso junto do Coordenador-geral dos CTeSP e dos diferentes Órgãos de Gestão;
  • Coordenar com o responsável pela componente de formação prática em contexto de trabalho os contactos a efetuar junto das “entidades de acolhimento”, bem como apreciar novas propostas de realização de estágios;
  • Submeter as propostas de realização da componente de formação prática em contexto de trabalho à comissão científica da área científica, com a especificação da entidade de acolhimento-orientador-supervisor referente a cada estudante;
  • Resolver com os orientadores, os estudantes e as “entidades de acolhimento” as situações anómalas identificadas no decurso da componente de formação pratica em contexto de trabalho.

CONTACTE-NOS

Pode contactar-nos preenchendo este formulário. Responderemos o mais brevemente possível.

Morada

Rua Pedro Nunes
Quinta da Nora
3030-199 COIMBRA
Portugal

Telefones

Telefone: +351 239 790 200
Fax: + 351 239 790 201

E-mail

info@isec.pt