Licenciatura em Bioengenharia

O curso de Licenciatura em Bioengenharia pretende proporcionar uma formação integrada e abrangente na área das ciências da vida, combinando as técnicas de engenharia com a biologia, permitindo uma especialização em domínios que se in serem nos seus dois ramos de estudo: Engenharia Biológica e Tecnologia Ambiental.

O plano de estudos do curso de Licenciatura em Bioengenharia oferece uma forte componente de ensino experimental (40% da carga letiva presencial), com o desenvolvimento de métodos e técnicas particularmente relevantes para o exercício de uma atividade profissional. Possui ainda, compreendendo a totalidade do último semestre da licenciatura, um estágio em ambiente profissional, com um total de 600 horas de contacto, proporcionando ao estudante um primeiro contacto com o mundo do trabalho e facilitando a sua integração no mesmo.
 

Objectivos:

O curso de Licenciatura em Bioengenharia do ISEC tem por objetivo formar licenciados em Engenharia capazes de exercerem a sua atividade profissional com um elevado nível de competência técnica e científica.

DGES / A3ES


Informação Geral
180 ECTS | 6 Semestres | CNAEF 524 Tecnologia dos processos químicos | Código: 9540
Grau atribuído: Licenciado
Observações: Substitui o anterior 1.º ciclo em Engenharia Biológica.

Percursos alternativos
Ramos: Engenharia Biológica;Tecnologia Ambiental

Acreditação e registo
Com Acreditação prévia em 2016 | Limite de vagas fixado: 40
Registo inicial: R/A-Cr 91/2016 de 20-06-2016

  • Concurso Nacional de Acesso
    Pequeno texto introdutório remetendo para a página da DGES, local onde está informação detalhada sobre este regime de acesso.
  • Concursos Especiais
    • Maiores de 23
      • Inscrição nas provas
        Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Maiores de 23" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
      • Candidatura ao concurso
        Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Maiores de 23" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
    • Titulares de CET (DET)
      Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Titulares de CET" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
    • Titulares de CTeSP (DTeSP)
      Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Titulares de CTeSP" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
    • Titulares de Cursos Superiores
      Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Titulares de Curso Superior" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
  • Regime Mudança de Par instituição/curso
    Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Regime Mudança de Par instituição/curso" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
  • Regime Reingresso
    Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Regime Reingresso" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).
  • Estudantes Internacionais
    Pequeno texto introdutório remetendo (link) para a página "Estudantes Internacionais" (subárea da secção estudar / Formas de ingresso).

Pretende-se que os licenciados em Bioengenharia fiquem habilitados para desenvolver atividades em áreas multi e interdisciplinares que integrem as ciências química e biológica aplicadas, integradas com a prática nas ciências de engenharia e culminada no desenvolvimento de soluções de engenharia em processos que envolvem sistemas biológicos.
 
Assim, as saídas profissionais dos licenciados em Bioengenharia do Departamento de Engenharia Química e Biológica do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra enquadram-se nos seguintes setores industriais:

  • Indústria agroalimentar, ambiental, farmacêutica e química;
  • Laboratórios, desenvolvendo atividades de controlo de qualidade e tratamento de efluentes;
  • Empresas de serviços, de projeto e de consultoria;
  • Organismos públicos e em instituições de ensino e de apoio à investigação científica.
     

O perfil de formação adotado para a licenciatura em Bioengenharia garante simultaneamente a empregabilidade, a mobilidade e o prosseguimento de estudos.
 
O perfil do licenciado está claramente orientado para o exercício de uma profissão. Não se tratando de um curso integrado, tipo 0+5, como é oferecido na generalidade das Universidades, os alunos obterão ao fim de três anos a licenciatura com perfil profissionalizante, que lhes permite o ingresso imediato no mercado de trabalho.
 
O ensino ministrado, com uma forte componente laboratorial e um estágio curricular, forma diplomados com aptidões de natureza prática e competências que permitem:

  • Aplicar os conhecimentos na resolução de problemas práticos e sustentar com argumentação própria
  •  Planear e executar, em segurança, ensaios laboratoriais, projetar equipamento e preparar relatórios
  • Enquadrar aspetos ambientais e económicos ao nível do projeto
  • Trabalhar em grupo e desenvolver métodos de trabalho sustentados na qualidade

 
É também objetivo da formação do plano de estudos o desenvolvimento de competências para realização de trabalho em grupo, para a comunicação com os seus pares e comunidade em geral, de modo a que os futuros licenciados tenham a capacidade de interagir e trabalhar com equipas multidisciplinares.
 

Bioengenharia

Tipo

Unidade curricular

Semestre

ECTS

1º ano

Normal

Matemática I

1º semestre

5

Normal

Física

1º semestre

6

Normal

Química

1º semestre

5

Normal

Biologia Celular

1º semestre

4

Normal

Introdução à Bioengenharia

1º semestre

4

Normal

Laboratório Integrado I

1º semestre

6

Normal

Matemática II

2º semestre

5

Normal

Bioquímica e Biologia Molecular

2º semestre

6

Normal

Termodinâmica

2º semestre

6

Normal

Ciência dos Materiais em Bioengenharia

2º semestre

5

Normal

Laboratório Integrado II

2º semestre

8

Ramo Engenharia Biológica

2º ano

Normal

Mecânica de Fluidos

1º semestre

6

Normal

Métodos Numéricos e Estatísticos

1º semestre

6

Normal

Instrumentação

1º semestre

5

Normal

Microbiologia

1º semestre

5

Normal

Laboratório Integrado III

1º semestre

8

Normal

Transferência de Calor e Massa

2º semestre

6

Normal

Processos de Separação

2º semestre

6

Normal

Reatores Químicos e Biológicos

2º semestre

5

Normal

Análise Instrumental

2º semestre

5

Normal

Laboratório de Análise Instrumental

2º semestre

8

3º ano

Normal

Engenharia Enzimática

1º semestre

5

Normal

Processos de Separação e Purificação de Produtos Biológicos

1º semestre

5

Normal

Organização e Gestão

1º semestre

4

Normal

Laboratório de Processos de Separação

1º semestre

8

Normal

Laboratório de Tecnologias Biológicas

1º semestre

8

Normal

Estágio/Projeto em Engenharia Biológica

2º semestre

30

Ramo Tecnologia Ambiental

2º ano

Normal

Mecânica de Fluidos

1º semestre

6

Normal

Métodos Numéricos e Estatísticos

1º semestre

6

Normal

Instrumentação

1º semestre

5

Normal

Microbiologia

1º semestre

5

Normal

Laboratório Integrado III

1º semestre

8

Normal

Transferência de Calor e Massa

2º semestre

6

Normal

Processos de Separação

2º semestre

6

Normal

Sistemas de Gestão Ambiental

2º semestre

5

Normal

Análise Instrumental

2º semestre

5

Normal

Laboratório de Análise Instrumental

2º semestre

8

3º ano

Normal

Organização e Gestão

1º semestre

4

Normal

Poluição Atmosférica e Tratamento de Efluentes Gasosos

1º semestre

5

Normal

Poluição da Água e Tratamento de Efluentes Líquidos

1º semestre

5

Normal

Tratamento de Resíduos Sólidos

1º semestre

4

Normal

Laboratório de Tecnologias Ambientais

1º semestre

8

Normal

Valorização de Recursos

1º semestre

4

Normal

Estágio/Projeto em Tecnologia Ambiental

2º semestre

30

 

Director de Curso

FOTO António Luis Pereira do Amaral

António Luis Pereira do Amaral

Email: dir-lbio@isec.pt

Competências

  • Representar o curso;
  • Zelar pelo funcionamento regular do curso;
  • Assegurar a coordenação e a qualidade pedagógica do curso;
  • Coordenar a realização dos estágios do curso, se existirem;
  • Coordenar as visitas de estudo e outras atividades do curso;
  • Coordenar a realização da avaliação interna anual do curso;
  • Coordenar os processos de avaliação do curso;
  • Apresentar aos departamentos as necessidades logísticas;
  • Apoiar a integração dos novos alunos no curso;
  • Presidir à comissão de curso e implementar as decisões aí tomadas.

Comissões de curso

As comissões de curso são órgãos dos cursos de licenciatura que funcionam em articulação com o Conselho Pedagógico, com os órgãos dos departamentos e com as comissões científicas a que estão ligados.

Competências

  • Eleger o diretor de curso;
  • Eleger os restantes representantes do curso no Conselho Pedagógico, por corpos;
  • Dar parecer sobre todas as matérias referentes ao curso que lhe sejam colocadas por outros órgãos da escola ou por elementos individuais de qualquer corpo;
  • Apresentar propostas para o plano de atividades dos departamentos a que estão ligados;
  • Propor medidas que assegurem o regular funcionamento do curso;
  • Propor o calendário de avaliação das unidades curriculares do curso;
  • Apresentar propostas e dar parecer sobre orientações pedagógicas, métodos de ensino e de avaliação;
  • Propor alterações curriculares ao curso;
  • Dar parecer sobre a avaliação interna anual do curso;
  • Dar parecer sobre os processos de avaliação do curso;
  • Propor a realização de conferências, seminários e outras atividades de interesse científico e pedagógico;
  • Propor ações de formação;
  • Propor intercâmbios com outras instituições nacionais e estrangeiras;
  • Apresentar propostas sobre as regras de acesso, matrícula, inscrição, reingresso, transferência e mudança de curso.

Composição

A comissão de curso é composta por:

  • Seis professores que lecionem no curso
    • António Luís Pereira do Amaral
    • Maria Nazaré Coelho Marques Pinheiro
    • Maria João de Anunciação Moreira
    • Luis Miguel Moura Neves de Castro
    • Maria Filomena Palmeira de Araújo Canova
    • Maria Dolores Dores Ramos Franco Moreira
  • Seis estudantes do curso
    • Laura Santos Carvalho
    • Rita Campos Toscano Melo
    • Vera catarina Vasconcelos Teixeira
    • Sofia Moreira Carneiro
    • Miguel Ângelo Alves Duarte
    • Maria Eduarda Delfim Oliveira

Renovação de Inscrição

Pequeno texto introdutório remetendo para a página da DGES, local onde está informação detalhada sobre este regime de acesso.

Novos Alunos

  • Concurso Nacional de Acesso
  • Concursos Especiais
    • Maiores de 23
    • Titulares de CET (DET)
    • Titulares de CTeSP (DTeSP)
    • Titulares de Cursos Superiores
  • Regime Mudança de Par instituição/curso
  • Regime Reingresso
  • Estudantes Internacionais

CONTACTE-NOS

Pode contactar-nos preenchendo este formulário. Responderemos o mais brevemente possível.

Morada

Rua Pedro Nunes
Quinta da Nora
3030-199 COIMBRA
Portugal

Telefones

Telefone: +351 239 790 200
Fax: + 351 239 790 201

E-mail

info@isec.pt