Mestrado em Engenharia Mecânica

Apresentação

Aviso:
A Edição 2018-2020 (Área de Especialização em Projeto, Instalação e Manutenção de Sistemas Térmico) não irá entrar em funcionamento este ano letivo.

O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Engenharia Mecânica tem como principal objetivo a formação de profissionais de elevada qualificação técnica e científica no domínio da engenharia mecânica, habilitados para exercer com alto nível de competência a sua atividade numa das seguintes áreas de especialização: “Construção e Manutenção de Equipamentos Mecânicos” ou “Projeto, Instalação e Manutenção de Sistemas Térmicos”.
Em ambas as especializações o perfil de formação adotado tem uma natureza profissional bem definida, procurando corresponder às necessidades e exigências do mercado de trabalho em duas áreas de desenvolvimento que incluem uma grande diversidade de empresas, de múltiplos sectores da atividade económica.
Este Mestrado visa formar quadros com capacidade para participar na conceção e inovação de produtos e sistemas, adequadamente preparados para assumir funções de coordenação e supervisão nas áreas de fabrico, instalação e manutenção de equipamentos e sistemas mecânicos.

Acreditação do Curso

No seguimento do processo de avaliação do curso (anteriormente designado de Mestrado em Equipamentos e Sistemas Mecânicos) realizado ao longo do ano letivo 13/14, a Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) acreditou em 16/09/2014 o curso por um período de 5 anos.

O curso passou a designar-se Mestrado em Engenharia Mecânica, mantendo os dois ramos já existentes:

  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Especialização em Construção e Manutenção de Equipamentos Mecânicos.
    (Master in Mechanical Engineering - Specialization in Construction and Maintenance of Mechanical Equipments.)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica - Especialização em Projeto, Instalação e Manutenção de Sistemas Térmicos. 
    (Master in Mechanical Engineering - Specialization in Project, Installation and Maintenance of Thermal Systems.)


Organização


O Curso de Mestrado tem a duração de 2 anos, está organizado em 4 semestres e apresenta uma estrutura curricular com 120 unidades de crédito. Este ciclo de estudos integra no primeiro ano um Curso de Especialização constituído por 10 unidades curriculares (60 ECTS). O segundo ano é integralmente dedicado à realização de um Projeto, Estágio ou Dissertação (60 ECTS), desenvolvido sob a orientação de um ou mais docentes, podendo usar os laboratórios do departamento de Engenharia Mecânica, ou ser realizado em parceria com uma empresa, uma instituição ou um organismo de investigação.

De modo a possibilitar a frequência deste ciclo de estudos por alunos que já exerçam uma atividade profissional ou que, tendo concluído a licenciatura, pretendam ingressar imediatamente no mercado de trabalho, optou-se por estabelecer que as unidades curriculares deste mestrado funcionarão em horário pós-laboral.


Objectivos

Pretende-se que os alunos adquiram uma formação especializada de natureza profissional, que lhes permita exercer com elevado nível de competência a sua atividade numa das áreas de especialização previstas neste mestrado: “Construção e Manutenção de Equipamentos Mecânicos” ou “Projecto, Instalação e Manutenção de Sistemas Térmicos”.


Em ambas as especializações o perfil de formação adotado tem uma natureza profissional bem definida, procurando corresponder às necessidades e exigências do mercado nas duas áreas, onde se incluem uma grande diversidade de empresas, de múltiplos sectores da atividade económica.


Este Mestrado visa formar quadros com capacidade para participar na conceção e inovação de produtos e sistemas, e adequadamente preparados para assumir funções de coordenação e supervisão nas áreas de fabrico, instalação e manutenção, com aptidão para uma contínua evolução ao longo da sua carreira profissional.

Regime de Acesso

Podem candidatar -se ao mestrado:


a) Os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal conferido por instituição de ensino superior nacional na área de engenharia mecânica, ou em áreas afins de ciência e tecnologia;
b) Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, ou equivalente legal, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, na área de engenharia mecânica, ou em áreas afins de ciência e tecnologia;
c) Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido, pelo conselho técnico-científico, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado na área de engenharia mecânica, ou em áreas afins de ciência e tecnologia;
d) Os detentores de um curriculum escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido, pelo conselho técnico-científico, como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos
 

Candidaturas

As candidaturas ao mestrado devem ser efetuadas nos SGAP do ISEC, através do preenchimento da candidatura online em http://www.isec.pt/candidaturas, acompanhada da digitalização dos seguintes documentos:

  • Documentos comprovativos das habilitações de que o candidato é titular, com informação das classificações finais (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também, a respetiva tradução para uma das seguintes línguas: português /espanhol /francês /inglês);
  • Curriculum vitae de acordo com modelo disponibilizado e documentos comprovativos dos elementos nele constantes, em língua portuguesa ou inglesa, ou com tradução certificada;
  • Bilhete de Identidade, ou do Cartão de Cidadão, ou passaporte;
  • Cartão de contribuinte ou do Cartão de Cidadão.

Saídas Profissionais

O Mestre em Engenharia Mecânica pode desenvolver a sua atividade profissional nos sectores da metalomecânica e metalurgia, da indústria automóvel, dos moldes, dos transportes, da produção de energia, da climatização de edifícios, da refrigeração industrial, etc., até às atividades de gestão e consultadoria, ensino e formação profissional.

Perfil e Competências

Aquisição das competências


Os alunos deverão ingressar neste curso com uma adequada formação na área de engenharia mecânica ou em áreas afins, obtida num primeiro ciclo de estudos. Neste segundo ciclo pretende-se aprofundar os conhecimentos em áreas específicas, elevando-os a um nível avançado e dando-lhes um cariz marcadamente profissionalizante.


Entre as competências específicas a adquirir na especialidade de “Construção e Manutenção de Equipamentos Mecânicos”, destacam-se as seguintes:

  • Saber aplicar métodos matemáticos computacionais na análise e resolução de problemas de engenharia;
  • Saber utilizar métodos de modelação numérica no cálculo estrutural de qualquer componente mecânico, fazendo uso de programas próprios ou comerciais;
  • Desenvolver e implementar sistemas de aquisição e tratamento automático de dados provenientes de diferentes tipos de instrumentação, bem como analisar e projetar sistemas de controlo;
  • Conhecer e controlar os fenómenos de desgaste, degradação e ruína dos materiais em serviço;
  • Conhecer e saber aplicar tecnologias avançadas de fabrico, bem como ter a capacidade para otimizar métodos de fabrico e processos de produção;
  • Selecionar materiais, em função dos requisitos impostos pelo projeto, dos métodos de processamento e das exigências económicas;
  • Identificar e selecionar equipamentos e processos industriais, quer ligados diretamente à área da engenharia mecânica, quer a áreas afins, tendo capacidade para avaliar o seu impacto ambiental;
  • Projetar todo o tipo de máquinas e componentes mecânicos;
  • Conhecer e saber aplicar técnicas de deteção de avarias em equipamentos bem como planear e implementar planos de manutenção industrial.

 

No que diz respeito à especialidade de “Projeto, Instalação e Manutenção de Sistemas Térmicos” as competências específicas a adquirir pelos alunos serão fundamentalmente as seguintes:

  • Saber aplicar métodos matemáticos computacionais na análise e resolução de problemas de engenharia, nomeadamente nas áreas de mecânica dos fluidos e processos térmicos;
  • Desenvolver e implementar sistemas de aquisição e tratamento automático de dados provenientes de diferentes tipos de instrumentação, bem como analisar e projetar sistemas de controlo;
  • Projetar e selecionar equipamentos térmicos, bem como dirigir a sua instalação;
  • Projetar redes de fluidos e dirigir a sua instalação;
  • Ter capacidade para efetuar o projeto térmico e acústico de edifícios, bem como para realizar auditorias energéticas;
  • Ter capacidade para efetuar a análise da eficiência energética e da qualidade do ar interior em edifícios;
  • Projetar sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado, assim como dirigir a sua instalação;
  • Projetar sistemas de refrigeração e congelação, assim como dirigir a sua instalação;
  • Realizar o projeto e dirigir a instalação de sistemas de captação e produção de energias alternativas e assegurar, tendo em consideração fatores como a eficiência de funcionamento, a segurança e o impacto ambiental;
  • Saber planear e executar programas e atividades de manutenção de redes de fluidos e de sistemas e equipamentos térmicos.

Plano Curricular

Comissão Coordenadora

Presidente da Comissão Coordenadora - Luís Filipe Pires Borrego

Vogal da Comissão Coordenadora - António Manuel de Morais Grade

Vogal da Comissão Coordenadora - Fernando António Gaspar Simões

 

Informações: cc-mesm@isec.pt

CONTACTE-NOS

Pode contactar-nos preenchendo este formulário. Responderemos o mais brevemente possível.

Morada

Rua Pedro Nunes
Quinta da Nora
3030-199 COIMBRA
Portugal

Telefones

Telefone: +351 239 790 200
Fax: + 351 239 790 201

E-mail

info@isec.pt